terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Trabalhadores dos Correios fazem paralisação em Florianópolis devido ao calor e às condições insalubres de trabalho

Escrito por Israel Andrade, carteiro do CDD Florianópolis Norte e Giovani Zoboli, carteiro do CDD Velha - Blumenau

Os trabalhadores do CDD Norte de Florianópolis cruzaram os braços cansados com o desrespeito da empresa que não oferece condições mínimas para exercer o trabalho. Os carteiros sentem na pele o calor infernal do verão em nosso estado, a direção da empresa também tem conhecimento disso, tanto que nas salas dos gestores tem ar condicionado, mas para os simples mortais carteiros não há climatização na maioria dos CDD's, muitas vezes nem os ventiladores funcionam!!

Se a empresa estivesse preocupada com o bem estar dos trabalhadores já teria implementado há muito tempo a entrega pela manhã, que é uma reivindicação histórica da categoria e no mínimo climatizado todas as unidades. Nos últimos anos a empresa vem lucrando muito com nosso suor, somente no ano passado foram mais de R$ 1 bilhão de lucro líquido! Santa Catarina é a sétima DR que mais lucra no Brasil! Mesmo DR's que dão prejuízo para os Correios como no caso do MT já possui TODAS as unidades climatizadas, por que será que em Santa Catarina não tem climatização nas unidades??? Sabemos que falta de dinheiro não é, será incompetência da Direção Regional???

Na verdade, os governos do PT vêm sucateando e privatizando os serviços públicos e os Correios não ficaram de fora. Parte dos serviços já são terceirizados, a precarização do trabalho só aumenta, o caráter de empresa pública com função social também foi substituído pela busca do lucro acima de tudo com a Lei 12.409/2011 (Correios S.A.), agora estão em uma ofensiva para privatizar nosso plano de saúde, uma das grandes conquistas da categoria.

Os trabalhadores do CDD Norte mostraram que é necessário lutar e é possível vencer! Agora a luta segue pela efetiva climatização da unidade, mas também pela anulação das perseguições da empresa! Vejam ao absurdo que chegamos: a ECT não oferece condições mínimas de trabalho, veja os relatos no vídeo abaixo, proíbe a imprensa de mostrar a realidade dentro da unidade, aí com a mobilização dos trabalhadores se compromete a resolver o problema, admitindo sua culpa e mesmo assim pune os trabalhadores com o desconto do dia!!

Nesse momento em que a categoria se prepara para entrar em greve dia 30 em defesa do plano de saúde, é dever da diretoria do SINTECT/SC combinar as bandeiras de luta nacional contra o Postal Saúde (Postal Saúde é privatização! CorreiosSaúde é nosso!) com bandeiras locais de melhorias nas condições de trabalho como climatização, implantação de SD's, entrega pela manhã, organizando paralisações para cobrar da empresa o atendimento das nossas reivindicações!

Vamos a Luta!


Reportagem do Jornal Meio Dia da TV Ric/Record

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou dessa matéria? Deixe seu comentario.