terça-feira, 28 de outubro de 2014

Coluna do PSTU

Queridos leitores do blog,

A partir de hoje, iremos publicar toda terça-feira uma coluna de opinião do PSTU Florianópolis, sobre alguns fatos interessantes da cidade e do estado. O objetivo é fazer um contraponto à esquerda das opiniões publicadas em diversos veículos da grande imprensa. 

Acompanhem nossa coluna, deem sugestões, enviem fatos, contribua você também!



Triste trajetória do PT-SC


Essas eleições vieram confirmar novamente a caminhada do PT de SC rumo a sua decadência, não só política,  também eleitoral. Além de seu candidato ao governo amargar apenas o terceiro lugar com 15,56% dos votos, o partido viu sua bancada de deputados diminuir significativamente. Dos seis deputados estaduais, somente quatro se reelegeram. Entre os federais o desastre foi ainda maior, pois do quatros que tinham anteriormente, se reelegeram apenas dois e em nenhum dos caso elegeram alguém que já não  fosse deputado. Se continuar desse jeito vai seguir os passo do PT de Floripa, que hoje conta com apenas um vereador.

Colombo x Dilma

Dilma deve estar um pouco decepcionada. Apesar de ter emprestado ao estado mais de 9 bilhões para garantir a reeleição de Colombo em troca de seu apoio político para presidente, o investimento não deu muitos frutos. Colombo quase não fez a campanha pro PT e Aécio acabou ganhando de lavada no estado. Será que Dilma irá retaliar a falta de empenho ou perdoar o governador?


A (In)segurança Catarinense I


É impressionante a bancarrota da política de segurança do país e em especial de SC. Em Florianópolis atentados aos ônibus voltaram a dificultar ainda mais o já terrível deslocamento da população. Cidades que até pouco tempo eram consideradas símbolos de segurança, como Balneário Camboriú, convivem hoje com altas taxas de assassinato e estupros. Enquanto isso a única preocupação da cúpula da policia catarinense parece ser fazer constantes aparições midiáticas de apreensão de drogas.

 A (In)segurança Catarinense II

Com a retomada dos atentados a única medida de impacto que o governo estadual conseguiu fazer para tentar mostrar algum resultado, foi anunciar o indiciamento de 80 suspeitos.O curioso é que a grande maioria deles já está preso e comandaram os ataques de dentro das prisões. Então o que muda? Serão presos de novo?

Reitoria da UFSC ataca greve

Roselane Neckel, reitora da UFSC, cortou o salário dos trabalhadores em greve na Universidade. O feito inédito na história da instituição representa bem a política atual de administração da universidade, com vários casos de assédio moral, desrespeito aos servidores e tratamento desigual entre os trabalhadores. A reitora, eleita com um discurso de mudança a esquerda, prova assim que não é uma alternativa aos trabalhadores e estudantes que acreditam em uma UFSC pública, gratuita, de qualidade e aberta a comunidade.

UFSC de portas abertas

Importante lembrar que os trabalhadores da UFSC estão em greve parcial, trabalhando em jornadas initerruptas de 6 horas por dia e lutando, além de outras coisas, pela redução da jornada de trabalho. Esse tema não beneficia somente os que trabalham na universidade, toda a comunidade universitária terá mais tempo de atendimento, caso os técnicos administrativos tenham vitória. A luta é pela abertura da UFSC por pelo menos 12 horas, e atendimento ainda maior em setores específicos, como biblioteca e H.U.


Pérola da semana


"Colombo foi um grande parceiro do meu governo e ele honra o cargo do qual é investido. É um homem que se preocupa com seu povo e com capacidade para realizar”.


“Sempre que eu venho a Santa Catarina fico muito feliz, porque eu pergunto ao Colombo qual é a taxa de desemprego e ele diz 2,7%. Não há nenhuma riqueza maior que essa. Por isso, entendo que vocês tenham eleito o Colombo no primeiro turno. Mais do que merecido”


Essas afirmações foram feitas por Dilma durante comício em Florianópolis, deixando ainda mais claro seu total desprezo pelo PT catarinense e humilhando o ex-candidato ao governo, Claudio Vignatti, presente ao seu lado no palanque. Cabe ainda ressaltar que no palanque, além de Colombo, estava o Prefeito de Florianópolis Cezar Souza Junior.





Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou dessa matéria? Deixe seu comentario.