domingo, 3 de julho de 2016

Protesto dos trabalhadores da saúde é vitorioso. Prefeito volta atrás na retirada dos vigilantes.



No dia primeiro de julho aconteceu um protesto dos trabalhadores da saúde pública de Florianópolis contra a medida do prefeito César Souza Jr. (PSD) de tirar os vigilantes dos Centros de Saúde deixando as unidades vulneráveis. O protesto conseguiu o compromisso do prefeito de que os vigilantes estarão de volta.

O protesto contou com a participação de pelo menos 5 centros de saúde que paralisaram mais a representação de outros centros (Tapera, Saco Grande, Monte Cristo, Novo Continente, Prainha, Pantanal, Vila Aparecida e Ingleses). Iniciou na catedral, e exigiam reunião com o prefeito em frente a prefeitura. Após uma hora e meia sem serem atendidos, o protesto seguiu para o Mercado Público onde o prefeito faria um pronunciamento de inauguração. Perto do meio dia César Souza Jr. apareceu e assumiu o compromisso de que os vigilantes estarão de volta a partir de segunda-feira. Os manifestantes comemoraram, mas avisaram o prefeito com a palavra de ordem: "se o vigia não voltar, a saúde vai parar".


Trabalhadores do Centro de Saúde do Novo Continente (Morro da Caixa) lembraram nos cartazes que em 2014 o prefeito teve que se esconder no banheiro quando visitava a unidade porque havia tiroteio no estacionamento. Mesmo assim o prefeito tomou uma série de medidas neste ano, como retirar os vigilantes, que pioram a saúde pública da população usando a desculpa de cortar gastos por causa da crise econômica. Os trabalhadores da saúde pública venceram uma importante batalha. Mas outras ainda virão. Os Centros de Saúde seguem com redução de 75% nos exames, racionamento de remédios e nos materiais de limpeza (já falta papel higiênico em vários Centros de Saúde), diminuiu o número de serventes, e o corte de 28 milhões de reais no orçamento da saúde da cidade continua. Os governos Federal e Estadual também estão contribuindo com o sucateamento da saúde pública pois estão atrasando desde o início do ano o repasse do fundo de saúde para os municípios.

Ave de Rapina

Todos esses cortes no orçamento da saúde e de outros serviços públicos básicos que o prefeito César Souza Jr. (PSD) fez tem o objetivo de jogar nas costas do povo trabalhador e pobre a conta da crise. Mas quem realmente devia pagar é ele e seus comparsas envolvidos na operação Ave de Rapina que governam em causa própria e favorecendo grandes empresas com leis e dinheiro público.

A CPI dos radares (Ave de Rapina) pode abrir processo de cassação do prefeito. Porém, não adianta pensar que os vereadores irão fazer justiça. A operação Lava Jato expôs as entranhas de como funcionam os esquemas de corrupção e mostrou que não se pode confiar nos parlamentos e governos. Ladrão julgando ladrão não dá certo. 14 dos 23 vereadores de Florianópolis foram indiciados pela PF na operação Ave de Rapina. Só com a luta do povo trabalhador e pobre será possível conseguir justiça e fazer os ricos pagarem pela crise que eles mesmos criaram!

O lamentável papel da direção do Sintrasem

O sindicato foi avisado e convidado a participar do protesto. Mas desde o início agiu como se estivesse querendo frear o protesto. Primeiro disse que os trabalhadores da saúde poderiam ser punidos pela paralisação e por isso deviam esperar. Depois disse que deviam fazer o ato apenas no dia 6 de julho quando coincidentemente haveria a marcha em defesa da saúde, da seguridade e da democracia (ato que na verdade é para defender Dilma e o PT). Já no protesto não levaram som, nem tambores, nem mesmo um mero megafone. Sobrou para os trabalhadores que estavam protestando comprarem panela, colher e apitos para fazerem barulho. O sindicato já havia feito algo parecido na última greve quando, mesmo ainda forte, a encerraram em troca de um acordo muito rebaixado com a prefeitura. Mais uma vez a direção CUTista do Sintrasem não agiu pensando no melhor para os trabalhadores que eles representam.


------------------------------------

links:
http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/12/05/pf-indicia-14-dos-23-vereadores-de-florianopolis-por-corrupcao.htm
http://pstuflorianopolis.blogspot.com.br/2016/04/direcao-cutista-do-sintrasem-aceita.html

-------------------------------------

Leia também:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou dessa matéria? Deixe seu comentario.