sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Transporte Público em Palhoça: “Mãos ao alto, esse novo aumento é mais um assalto!”



Em Palhoça virou rotina ônibus quebrado. Agora temos um novo aumento de passagens de ônibus. Andar de ônibus pela cidade passou a custar R$ 3,90. Para piorar os horários e linhas são muito reduzidas.

Quem tinha autorizado o aumento da passagem para R$ 6,00 na linha intermunicipal para Florianópolis foi o governo de Raimundo Colombo, onde o DETER (Departamento de Transportes Terminais) é o responsável pela autorização dos aumentos. O recente aumento para R$ 3,90 das linhas municipais quem autorizou foi a prefeitura de Camilo Martins com o apoio da Câmara de Vereadores. Todos juntos ao lado da Jotur e contra a população trabalhadora de Palhoça.
Temos que nos unir e não aceitar essa roubalheira. Tudo para que o dono da Jotur possa lucrar cada vez mais. A prefeitura de Camilo Martins e a Câmara de Vereadores estão nas mãos da Jotur e defendem todos esses abusos.



Transporte Público é Direito! Não é Mercadoria!

O transporte público é um direito fundamental para que a população tenha acesso a outros direitos, como acesso aos serviços públicos de saúde e educação, ao lazer, à cultura e etc. Um novo aumento da tarifa faz com que, cada vez mais, as pessoas possam se deslocar menos e ter menos acesso aos direitos e a cidade. 

Por isso, o PSTU defende a revogação imediata dos aumentos, ônibus melhores e mais seguros e mais linhas e horários. É preciso também implantar o passe-livre para estudantes e desempregados e baixar as tarifas de ônibus rumo à tarifa zero para toda a população.
Isso só será possível com a estatização do transporte público na Palhoça sob controle da população usuária e dos trabalhadores dos coletivos. Somente com muita luta e mobilização poderemos conquistar isso.

Fora Camilo e essa Câmara de Vereadores!
Os ataques de Camilo Martins se somam aos ataques de Michel Temer e de Raimundo Colombo que foram pegos com a boca na botija e denunciados por corrupção. A justiça a favor dos ricos e corruptos os livraram de qualquer punição.
Para pagar a conta de toda a crise econômica que vivemos e da corrupção os governos escolheram os trabalhadores e a juventude. Por isso, o aumento do transporte coletivo se soma ao congelamento de gastos públicos com saúde e educação para os próximos 20 anos realizado pelo governo federal, a aprovação da reforma trabalhista e da lei das terceirizações que vão destruir muitos direitos e agora a tentativa de aprovação da reforma da previdência que vai acabar com o direito de aposentadoria dos trabalhadores. Isso tudo combinado com o arrocho salarial desemprego tem outras consequências nefastas para a juventude, os trabalhadores e o povo pobre.
REVOGAÇÃO IMEDIATA DOS AUMENTOS DE PASSAGENS DE ÔNIBUS! TRANSPORTE SEGURO E COM QUALIDADE! MAIS LINHAS E HORÁRIOS!
PASSE-LIVRE PARA ESTUDANTES E DESEMPREGADOS! RUMO À TARIFA ZERO PARA TODA A POPULAÇÃO! 
ESTATIZAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO SOB CONTROLE DOS TRABALHADORES!
FORA TEMER, COLOMBO E CAMILO! FORA ESSE CONGRESSO NACIONAL E ESSA CÂMARA DE VEREADORES! FORA TODOS ELES!
POR UM GOVERNO DOS OPERÁRIOS E DO POVO POBRE, APOIADO EM CONSELHOS POPULARES!


PSTU

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Gostou dessa matéria? Deixe seu comentario.